Dessolidarização da vida (?).

Texto publicado em:

Ajude a reverberar, compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

“Assinalemos que é por etapas que o yôgui se dessolidariza da vida. Começa por suprimir os hábitos vitais menos essenciais: as comodidades, as distrações, inútil perda de tempo, a dispersão das suas forças mentais, etc. Procura em seguida unificar as funções vitais mais importantes, respiração, a consciência.”

Passagem extraída do livro Patañjali e o Yoga de Mircéa Eliade. Eliade coloca que o sofrimento do homem durante sua existência é proporcional ao seu grau de solidariedade com o cosmos. Assim a ação abnegada, o desapego, o contentamento, fazem todo o sentido como vias de levar o praticante a essa dessolidarização mencionada, a qual o yogui deve alcançar. Em seguida, unificando a consciência em um fluxo contínuo, blindado a qualquer estimulo externo.
 
SkatiYoga

Stúdio Yantra Yoga Brasília

CLSW 301, loja 107
Brasília, Distrito Federal
70673-602

61 99303-2522